Mãe de Vitória Gabrielly: ‘Sou acusada de matar minha própria filha’

Mãe de Vitória Gabrielly: ‘Sou acusada de matar minha própria filha’

Rosana reclamou da postura da imprensa em acusá-la no caso da morte de filha.

Nesta terça-feira, 19/06, Dona Rosana, mãe da menina Vitória Gabrielly falou mais uma vez a respeito da morte da filha. A polêmica da vez no caso que chocou o país gira em torno de quem teria matado Vitória Gabrielly. A menina desapareceu, após sair para passear de patins rosa pelas ruas da região do interior de São Paulo. Um boletim de ocorrência acabou trazendo novidades sobre o caso e Rosana sofreu acusações.

Família de Vitória Gabrielly é acusada de matar menina nas redes sociais

Em uma entrevista emocionante dada para um programa de televisão, Rosana disse que está sendo ameaçada nas redes sociais. Ela reclama da postura de muitas pessoas. De acordo com Rosana, muitas pessoas a estão acusando de ter envolvimento na morte de Vitória Gabrielly.

“Estou sendo acusada de matar minha filha”, diz mãe de Vitória

As acusações ganharam força nas redes sociais, após um boletim de ocorrência ganhar força e garantir que Rosana e a madrasta da menina se estranharam no ano de 2012. Em uma outra entrevista, ela falou que realmente chegou a empurrar a menina em uma briga com Roberto Vaz, pai da garota, mas que isso foi há muito tempo.

A mãe de Vitória Gabrielly também defendeu a madrasta da menina, garantindo que ela não teria nada a ver com a morte da menina.

E para você, quem matou Vitória Gabrielly? O caso está sendo investigado pela Polícia civil. O caso Vitória Gabrielly tem algumas linhas de apuração e nesta terça-feira, um dos casais que chegou a virar suspeito pelo crime, acabou fazendo exames. O material genético deles vai ser comparado às digitais encontradas nos patins rosa da menina.

Polícia quer saber quem é o assassino de Vitória Gabrielly

A perícia feita no corpo de Vitória Gabrielly fez descobertas impressionantes. Os investigadores querem saber quem matou a criança, que havia saído para passear utilizando os seus patins cor de rosa. Os peritos já recolheram material genético no local do crime e encontraram duas digitais nos patins rosa de Vitória Gabrielly. Essas digitais agora vão ser confrontadas com a de um casa, considerado suspeito pelo crime.

Jairo Coneglian, advogado que defende o casal suspeito de sequestrar Vitória Gabrielly, fevelou que esteve no Instituto Médio Legal (IML) para colher o material, mas que os seus clientes seriam inocentes. Ele ainda negou que os dois sejam suspeitos do assassinato, mesmo até que a dupla esteja constantemente participando de exames em torno da investigação.

O casal passou a ser investigado pela morte de Vitória Gabrielly, após o pedreiro Jairo, que confessou participação no crime, ter garantido que os dois teriam levado a menina dentro de um carro. Jairo é usuário de drogas e muitas informações dadas por ele acabaram sendo desencontradas.

Fonte: https://www.idealnoticia.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *