Receita de fermento caseiro: para você fazer pães muito mais gostosos e saudáveis!

Você já comeu pão feito com fermento natural? É muito bom! O pão fica crocante e com um sabor muito marcante. Sem falar que, graças aos  probióticos e leveduras presentes no fermento, o pão é mais saudável, leve, de digestão muito mais fácil.

Você já comeu pão feito com fermento natural?

É muito bom!

O pão fica crocante e com um sabor muito marcante.

Sem falar que, graças aos  probióticos e leveduras presentes no fermento, o pão é mais saudável, leve, de digestão muito mais fácil.

Nós vamos ensinar como fazer um pão de fermentação natural.

E o fermento que vamos utilizar nesta receita é feito com batata-inglesa.

O processo de produção desse fermento é muito fácil.

Você vai ralar duas batatas de tamanho médio.

Escolha batatas maduras – as verdes não prestam.

Ponha num pote de vidro de 500 mL.

Vai acrescentar 1 colher (sopa) de sal, 2 colheres (sopa) de açúcar e 1 xícara (chá) de água morna (mais pra quente).

Espere fermentar (formar bolhas, como na imagem).

Quanto maior for a temperatura, mais rápido será esse processo de fermentação.

Em lugares quentes, o fermento fica pronto em dois dias; em lugares frios, em até cinco dias.

Depois de ocorrida a fermentação, guarde o vidro com a tampa aberta na geladeira.

Quando for fazer o pão, use 2/3 de fermento.

O restante pode ser utilizado para o preparo de mais fermento (repetindo-se as etapas anteriores).

Agora, vamos à receita do pão:

INGREDIENTES:

200 gramas do fermento natural de batata

600 gramas de farinha de trigo

1 colher (sopa) de açúcar demerara/mascavo

1 colher (sopa) de sal

300 mL de água morna

MODO DE PREPARO:

Coloque a farinha de trigo numa tigela.

 Faça um buraco com as mãos no meio da farinha.
Coloque o açúcar no meio dessa cova.

Com uma das mãos, misture bem o açúcar com o trigo.

Dissolva o fermento na água morna.

Quando estiver bem dissolvido, vá adicionando aos poucos na farinha de trigo e ao mesmo tempo vá trabalhando a massa com as mãos.

É preciso chegar ao ponto de massa de pão, ou seja, quando desgrudar das mãos.

Sove a massa bastante.

Quando a massa estiver se soltando das mãos, sem grudar, leve-a para trabalhar numa superfície enfarinhada.

Nesse ponto, adicione o sal.

O sal tem que ser adicionado nesse momento, pois, se for antes, prejudicará a fermentação.

Bata bem a massa.

Isso é muito importante.

Quanto mais bater, melhor.

O ideal é você sovar a massa por uns 15 minutos.

Pode ser menos, mas o tempo ideal é esse.

O ponto certo da massa é quando ela ficar extremamente macia e homogênea.

Se necessário, adicione mais trigo ou água.

Forme uma bola com a massa e coloque-a para descansar em uma tigela enfarinhada, para que ele não grude no recipiente.

Cubra a massa com um pano e deixe fermentar por três horas.

Numa superfície enfarinhada, abra a massa rapidamente e dê a ela a forma que você quiser: redonda, retangular, quadrada…

Unte uma fôrma de pão ou de pizza com azeita extravirgem de oliva e coloque a massa nela para fermentar por mais três horas.

Preaqueça o forno e leve o seu pão caseiro com fermento natural para assar.

Esta etapa também é importante: deixe inicialmente a massa assar por 15 minutos a 220 graus Celsius; depois, abaixe para 180 graus Celsius e deixe por mais 40 minutos ou até ela ficar dourada.

Se quiser que a casca fique mais crocante, durante o cozimento, coloque no forno uma lata ou vasilha de alumínio com metade de água.

Fonte:https://vejadicas.net/post-2027/?ref=fbads

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*